Passeios

RUA DA ESCOLA POLITÉCNICA

15 de março de 2019

Fazendo a ligação entre o Rato e o Príncipe Real, a Rua da Escola Politécnica tem uma série de atrações que transformam-na num passeio muitíssimo agradável. Há ali lojas, em sua maioria de marcas portuguesas, restaurantes típicos e internacionais, e mais a Igreja de São Mamede, o Museu de História Natural, a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e o Jardim Botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

A Escola Politécnica de Lisboa foi criada por Decreto de 11 de janeiro de 1837. Tinha como objetivo original, ministrar um ensino preparatório científico aos candidatos a oficiais do Exército e da Marinha. Em 1911, na sequência da criação da Universidade de Lisboa, a Escola Politécnica foi transformada na nova Faculdade de Ciências, que entrou em funcionamento no ano letivo de 1911-1912 no prédio que, hoje, abriga também o Museu Nacional de História Natural e da Ciência e o Jardim Botânico do Museu.

As lojas são, em sua maioria de marcas portuguesas (leia aqui sobre a Embaixada), mas não só. Na Rua da Escola Politécnica, fica, por exemplo, a Pau Brasil, loja de produtos e marcas brasileiras.

Dentre os restaurantes, pastelarias clássicas como a 1800, pizzarias, como a Zero Zero, peixarias e restaurantes internacionais assinados pelos Chefs portugueses Henrique Sá Pessoa e Kiko, além do britânico Jamie Olive.

Pensa num bolo de chocolate concorrido.

Além de tudo que você vai encontrar na Rua da Escola Politécnica, suas duas extremidades, Rato e Principe Real, são regiões de Lisboa repletas de ponto de interesse. A dica é: vá ao Rato e, ali, explore o Museus das Águas e o Jardim das Amoreiras. Depois, tome o café da Pastelaria 1800 e passe a caminhar por essa rua tão importante, que também é um ótima para comprar vinhos portugueses.