Passeios

Rua de São Bento

4 de dezembro de 2018

A Rua de São Bento é repleta de atrações e proporciona uma ótima caminhada . Fica num ponto super estratégico da cidade, tendo início no Rato. Dela, você pode ir para o Príncipe Real ou Chiado. São várias possibilidades! O legal é andar, explorar as lojas, cafés e antiquários. De quebra, você ainda passa pelo maravilhoso edifício da Assembleia da República e continua a rota em uma das ruas mais charmosas da cidade!

Para chegar, a forma mais fácil (e ideal) é pegar a linha amarela e descer no Rato, uma das estações finais. Também é possível ir pelo sempre atrativo elétrico 28.

Do Rato até os jardins da Assembleia da República, há um grande número de antiquários, galerias de arte e lojas de móveis vintage. Para quem gosta, um prato cheio!

Nela, também vai encontrar a Fundação Amalia Rodrigues, maior nome mais conhecido do fado português, uma loja especializada em discos e outra com pianos de todos os tipos. Se você gosta de taças, copos e peças de vidro em geral, o Depósito da Marinha Grande é parada obrigatória! A fábrica foi criada em 1769 e até hoje mantém a tradição na indústria do vidro em Portugal.

Há várias opções de parada para um café ou um copo de vinho: na Crouton, refeições rápidas e leves, na Denegro, para saborear um chocolate e que sabe participar de um workshop. Tem ainda uma mercearia com produtos alentejanos – O Cocho e a loja, recentemente inaugurada, da Landeau (falamos do imperdível bolo de chocolate deles nesse post).

Outra loja que chama a atenção é a O Barateiro da Casa Amarela. São 90 anos de história, que pode ser contada pelo senhor Carlos Alberto, filho do fundador e que trabalha lá até hoje! Dentro dela tem de tudo um pouco, mas o destaque vai para os rádios a válvula.

A Assembleia da República é a sede do parlamento desde 1834. De estilo neoclássico, foi construído no final do século XVI.

Logo após após a Assembleia você vai encontrar mais opções interessantes:  a Baguettes e Cornets é uma boulangerie francesa deliciosa (falamos dela nesse post), a Saudade Flores e vários outros restaurantes descolados. Vá e deixe-se levar pelos encantos e cantinhos inesperados desse pedaço tão charmoso de Lisboa!

Fotos: O Inverso de Cabral