Porto

Porto

4 de outubro de 2017

No norte do país, às margens do Rio Douro, repousa a magnífica cidade de Porto, seguidamente premiada como melhor destino turístico da Europa. Não é tarefa fácil falar sobre o Porto, tantas são as atrações que oferece, seu tamanho e sua importância nos contextos turístico, cultural, social, acadêmico, econômico e político de Portugal. Para uma leitura mais aprofundada, existem blogs ótimos escritos por quem lá vive e site de turismo da cidade também é bem completo (clique aqui). Portanto, neste e em alguns próximos posts, a visão que aqui apresentamos é própria de um casal de turistas, que, com certa frequência, dá uma escapadela até a primeira cidade portuguesa a firmar um tratado de comércio internacional (se gosta de história, saber sobre a cidade do Porto é fascinante). Temos algumas dicas que achamos úteis para quem vai de Lisboa pra lá.

Como chegar:

Você pode ir de carro, comboio ou avião. Financeiramente, carro (alugado, claro) só vale a pena se for com pelo menos 4 pessoas e se for visitar um leque mais amplo de cidades ou as vinícolas do Douro, uma vez que o valor do aluguel + combustível + portagens (são quase 22€ de pedágio) + estacionamento (a maioria dos hotéis não dispõe de estacionamento) somam um preço “puxado” para um casal.

➸ Programando com certa antecedência, a ida de comboio pode sair, em média, 30€ por pessoa ida e volta (consulte aqui) e dura, em média 2 horas e meia. Você chegará na linda Estação de São Bento e se o hotel for na região, nem precisará pegar um táxi. De avião, também com certa antecedência poderá custar o mesmo preço (na nossa pesquisa para o post o melhor preço foi o da Ryanair). A viagem dura 1 hora. Do aeroporto até a cidade (11 km de distância) o metrô é a melhor opção e mais em conta também, o bilhete custa 2,45€ (estação Trindade ou Bolhão são as mais centrais). O táxi custa, em média, 20 € e o ônibus Goin’Porto que leva até o centro custa 8€ ida e volta.

A estação de São Bento é uma das atrações da cidade. O trabalho de azulejos nas paredes é encantador!

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Onde ficamos:

A oferta de hotéis, hostels e apartamentos de aluguel em Porto é vastíssima. Na nossa última ida optamos por um hotel perto a rua das Flores (das outras vezes ficamos próximos a Avenida dos Aliados) e adoramos a localização, pois fica próximo a ribeira e de vários pontos interessantes, o que proporciona andar muito a pé, coisa que amamos!

Escolhemos o BelomonteGH Guest House, um hotel pequeno (são 6 quartos), novinho e com pequeno almoço (muito bom por sinal!) incluso no valor da diária. Atendimento super acolhedor e simpático! Certamente vamos repetir!
➸Rua Belomonte, 52 – Porto (mapa). Telefones de contato: (+351) 222 059 054  934 421 707.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar. Onde ficar em Porto. Hotel Belomonte Guest House

Perto do hotel o Palácio da Bolsa e Mercado Ferreira Borges

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

O que gostamos de fazer no Porto:

Andar pela cidade:

De maneira geral, a cidade é um espetáculo! Linda e super bem estruturada para receber os turistas. A arquitetura de Porto é bastante imponente. A Ribeira do Rio Douro, que divide Porto e Vila Nova de Gaia, onde ficam as caves de vinhos, é uma atração. Atravessar a ponte Luís I a pé é uma delícia e se for no pôr do sol, mais linda será a visão!

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Pra quem gosta de visitar igrejas, são muitas! Lindas e com as fachadas em azulejo. Na foto a Igreja do Carmo e a Igreja de Santa Clara. Há ainda a lindíssima Sé do Porto.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Estação de São Bento, Praça do General Humberto Delgado e Teatro Nacional S. João

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Palácio de Cristal:

Os Jardins Românticos do Palácio de Cristal ocupam uma área de 8 hectares no centro do Porto e foram projetados no século XIX pelo arquiteto paisagista alemão Émille David. Atualmente, do projeto original, estão preservados o Jardim Émille David na entrada principal, a Avenida das Tílias, o bosque e as varandas sobre o Douro. Pode-se, ainda, contemplar vistas panorâmicas sobre o rio e sobre a cidade.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Livraria Lello:

Considerada várias vezes como uma das livrarias mais bonitas do mundo, a Livraria Lello já serviu de inspiração a vários escritores e artistas, incluindo a autora de Harry Potter. Reza a lenda que, durante cerca de dois anos, Joanne Rowling caminhou pelas ruas do Porto com o manuscrito de Harry Potter e a Pedra Filosofal debaixo do braço e foi nas célebres escadarias de madeira da livraria que se inspirou para criar as escadas de Hogwarts, que teimam em não parar quietas e em conduzir os alunos a zonas do castelo a onde eles não pretendem ir.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Torre dos Clérigos:

Obra barroca construída na primeira metade do século XVIII, a Torre é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade do Porto. A vista panorâmica sobre a cidade e o rio Douro que se alcança do alto da Torre vale bem o esforço de subir os 240 degraus.
Nos arredores dos Clérigos e da Livraria Lello, há uma imensa quantidade de atrações culturais (como a Universidade do Porto), restaurantes, bares e cafés. Portanto, da Ribeira aos Clérigos (ou o oposto), caminhando sem pressa, é possível aproveitar muito do que essa magnifica cidade proporciona. Mas não se engane: Porto é uma cidade grande e, assim, requer do turista mais de um dia de estadia. Em próximos posts, falaremos sobre alguns lugares bem bacanas na cidade.

Porto. Lisboa para Porto. Como chegar.

Fotos: O Inverso de Cabral