Gastronomia

O Magnífico Pudim do Abade

21 de julho de 2019

Não é novidade que os doces portugueses são deliciosos! Muitas receitas vem da doçaria conventual e a base de quase tudo são ovos e muito açúcar.

A gente já estava bem feliz com o pastel nata, os doces de ovos moles de Aveiro e as outras maravilhas que fomos descobrindo no decorrer dos anos aqui, até que conhecemos o Pudim do Abade.

A receita é original de Braga e como o próprio nome indica, foi criada pelo Abade de Priscos, que pertencia ao Convento dos Congregados. Consiste basicamente na junção de  água, ovos, canela, açúcar, limão, toucinho de porco e vinho do Porto. Sim! Você leu certo, tem toucinho de porco! Disso tudo, sai o pudim mais incrível que já comemos!

Mas tem um, específico que é perfeito. O especialista no assunto chama-se Miguel Oliveira, que depois de participar de um concurso e inspirado na receita tradicional, criou o Pudim do Abade. Para ter ideia da dedicação do Miguel, ele chegou a fazer 25 pudins em uma semana até encontrar o ponto exato.

Hoje, além de fornecer para vários restaurantes (Solar dos Presuntos, JNcQuoi e Pigmeu são bons exemplos) há a Fábrica em Campo de Ourique, o que expande nossas possibilidades de não ficar em abstinência. Ela funciona basicamente como ponto de recolha para as encomendas, que podem ser feitas online (o pudim inteiro custa 36€ e a versão mini 6€.

Ah! E acabei de descobrir que inaugurou esta semana o seu espaço no Mercado da Ribeira/Time Out Market, o que facilita ainda mais a vida de quem vem passear em Lisboa 😉

Esse foi saboreado no Pigmeu

O “templo” fica na Rua 4 de Infantaria, 75 – Campo de Ourique. ❤  Instagram @_pudim_do_abade

Fotos: O Inverso de Cabral