Praias

Nazaré

10 de agosto de 2017

A pequena cidade de Nazaré é uma típica vila portuguesa, marcada pela íntima relação com o mar e pelas nazarenas das sete saias (mulheres que esperavam os familiares na praia e usavam as saias para se protegerem do frio). Era um destino relativamente desconhecido até que, em 08 de novembro de 2011, o americano Garrett McNamara cravou, nestas águas, a maior onda até então já surfada. Uma montanha de 30 metros de água (veja o video aqui). A partir de então, Nazaré ficou conhecida também como o paraíso dos surfistas devido as ondas grandes.
Fica a cerca de 1 hora de meia de Lisboa. Nas duas vezes que fomos até lá, estávamos de carro, entretanto, é possível também ir de autocarro (veja horários e preços aqui).

Nazaré

As praias mais conhecidas são a Praia da Nazaré, que banha a vila baixa, e a Praia do Norte, onde acontecem, no inverno, os campeonatos de surf de ondas gigantes. Interessante é que, mesmo na Praia da Nazaré, de águas mais “calmas”, há uma placa dizendo: “não se aproxime do mar”.

Nazaré

O ponto alto da visita é mesmo ir até o Farol da Nazaré, local de melhor observação das ondas gigantes e que marca o direção exata do chamado “canhão da Nazaré” (quem gostar do assunto pode ver uma ótima explicação aqui), o maior desfiladeiro submerso da Europa com uma extensão de cerca de 200 quilômetros, que atinge os 5000 metros de profundidade.

Nazaré

No interior do farol, estão disponíveis informações sobre sua história, além de exposições dedicadas ao fenômeno das ondas de 30 metros.

Nazaré

Nazaré - onda gigante

Esta, a praia do Norte, marcada para os brasileiros que gostam do esporte, foi onde aconteceu o acidente com a surfista Maia Gabeira, felizmente, sem maiores consequências.

Nazaré

Por fim três dicas: 1) vale a visita, que pode ser feita em poucas horas; 2) por isso, conjugue sua ida a Nazaré com a linda cidade de Alcobaça (falaremos em breve), que fica a menos de meia hora de distância, e; 3) como saco vazio não para em pé, em Nazaré, almoçamos no Pangeia, com uma vista que dispensa palavras.

Nazaré

Fotos: O Inverso de Cabral.