Onde ficar

Lisboa por áreas: Intendente, Martim Moniz e Mouraria

17 de outubro de 2017

Hoje vamos falar de três bairros muito próximos e que oferecem algumas atrações, tanto para quem quer se hospedar, quanto pra quem quer passear.

Intendente: o largo do Intendente foi todo revitalizado e hoje é um dos pontos altos do bairro. Nele, há a loja da Viúva Lamego, fábrica tradicional de azulejos que existe desde 1849. Ao lado, A Vida Portuguesa (falamos dela aqui), funciona no antigo armazém e fábrica da Viúva Lamego, o que proporcionou manter no espaço lindos painéis de azulejos antigos. Vale muito entrar e ver essa beleza toda! Além disso, o Largo conta com cafés, bares, lojas diferentes, como a Bike Pop, especializada em bicicletas dobráveis (sim, aquelas para transportar), que além da venda também oferece aluguel para quem se animar.

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

A arquitetura dos prédios é bem interessante. Na Almirante Reis, 64, sentido Martim Moniz, que falaremos já já, há o Supermercado Chen, onde se encontra produtos tipicamente asiáticos, dentre os quais, uma prateleira de macarrão instantâneo de todos os sabores imagináveis! Lugar incrível para quem gosta da culinária da região ou de ver coisas diferentes.

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Mas se você está mais para frutos do mar, a tradicional Cervejaria Ramiro é o lugar ideal! Falamos mais dela aqui.

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Martim Moniz: continuando na Almirante Reis chega-se em Martim Moniz. Ali, mesmo na Praça Martim Moniz as atrações são muitas! Sempre há eventos gastronômicos, principalmente aos fins de semana, como o Street Fest e o Mercado de Fusão. Cafés, bares, música fazem o espaço ficar ainda melhor. Se não quiser ficar na praça, mesmo no alto do prédio da foto abaixo há o Topo Martim Moniz, bar e restaurante.

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Além disso, a praça oferece uma vista incrível do Castelo de São Jorge e se olhar para o outro lado, ainda verá lá no alto o Miradouro da Nossa Senhora do Monte (tem post aqui).

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

É para Martin Moniz que você deve ir se quiser fazer o passeio no emblemático Elétrico 28, o famoso bonde amarelo que cruza a cidade parte dali e vai até o Cemitério dos Prazeres em Campo de Ourique (falamos mais aqui). Preparado para encarar a bicha? Como todos já devem saber, fila aqui é bicha 😉

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Ao lado da Real Irmandade de Nossa Senhora da Saúde e de São Sebastião, essa capela branca (foto acima), fica Rua da Mouraria, nosso próximo destino.

Mouraria: entrando na Rua Capelão você vai se deparar com uma espécie de vilazinha. Ali fica o Largo Severa, homenagem a primeira fadista conhecida em Portugal. E o fado está mesmo presente em todos os cantos. Mas antes do fado, ali viveram os mouros, quando conquistaram Lisboa. Certamente por isso, ainda é um bairro de várias nacionalidades (assim como toda a região que falamos até agora). Ficar ou visitar a Mouraria significa mergulhar na cultura portuguesa. Está tudo lá: o modo de vida, as andorinhas, as ruas e vielas apertadas, as roupas no varal, vinho, gastronomia e, claro, o fado.

Em geral: é um ótimo passeio. Para se hospedar nessa área é, entretanto, necessário ter em conta um detalhe: trata-se de uma zona recentemente revitalizada. É que, o Largo do Intendente mudou radicalmente em poucos anos. Era um área de tráfico e consumo de droga e de prostituição durante décadas, extremamente marginalizada. A partir de 2010 a Câmara Municipal realizou esforços para reabilitar a Mouraria e praça transformou-se, então, num lugar turístico da capital, com alta atividade cultural. Todavia, as mazelas da região não desapareceram totalmente. Ainda há, portanto resquícios e é importante escolher bem onde ficar.

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Onde ficar em Lisboa? Intendente, Martim Moniz e Mouraria. Dicas de onde ficar em Lisboa

Fotos: O Inverso de Cabral