Vinho da semana

Cartuxa EA Biológico

23 de Fevereiro de 2018

Dispensando o uso de produtos químicos e poluentes para o ecossistema, os vinhos biológicos são produzidos segundo um caderno de normas rigoroso, verificado por organismos de controle e certificação. Em solos revitalizados e enriquecidos com matéria orgânica, as videiras produzem frutos com mais aroma, cor e sabor, permitindo sentir verdadeiramente a terroir em que se desenvolvem.

Grande parte das vinhas da Fundação Eugénio de Almeida (a Cartuxa) são conduzidas em modo de produção biológica, produzindo vinhos como o EA Tinto. Foi o primeiro exemplar biológico que provamos e a sensação é que sabor, aroma e textura não mudam muito. Existe uma pequena diferença no final da boca, quando se reconhece a vocação mais natural do vinho.

É ligeiramente mais caro, tendo custado 7,90€ no Amor Bio – Mercado Biológico de Alvalade. Também é facilmente encontrado nas garrafeiras tradicionais. Pelo valor nutricional, vale a pena.

Foto: O Inverso de Cabral